cidadania via materna

o que é?

cidadania italiana via materna

A cidadania italiana via materna não era permitida anteriormente na Itália. Isso porque, a lei italiana permitia que apenas homens transmitissem o direito da cidadania a seus filhos.

A partir de 01/01/1948, com a promulgação da Constituição da República Italiana, os filhos de mulheres italianas nascidos a partir desta data, passaram a conquistar seu direito a cidadania italiana.

Porém, os filhos de mulheres italianas nascidos antes de 1948, só podem solicitar o reconhecimento da sua cidadania italiana por via judicial, através de um advogado italiano, que atue junto ao Tribunal de Roma.

Todo o processo pode ser conduzido do Brasil, sem burocracias ou necessidade de viajar para a Itália, com segurança e seguindo todas as leis italianas.

como funciona

Para você fazer a cidadania italiana via materna, primeiramente analisamos sua árvore genealógica para avaliar qual é a sua situação. Caso você realmente esteja dentro dos parâmetros dessa lei, então deverá seguir o processo judicial através dos nossos advogados parceiros na Itália.  Nossos advogados parceiros tem credibilidade, experiência e histórico de sucesso nesses casos.

O prazo estimado da ação judicial para cidadania italiana via materna é de até 2 anos. É possível fazer um único processo por família, permitindo dividir os custos entre os familiares requerentes.

E não há necessidade de viajar ou residir na Itália. Tudo é conduzido do Brasil, através dos nossos advogados italianos que atuam junto ao Tribunal de Roma, responsável pelos processos de cidadania italiana. A Unito faz a assessoria e acompanhamento ao longo de todas as etapas do processo.

vamos conversar mais sobre suas necessidades?

Preencha o formulário ao lado e em breve retornaremos.
Teremos muito orgulho em fazer parte da sua história!